Anunciar

As 5 mentiras mais comuns do mundo do vinho - 09/02/2018 Sexta, 09 de Fevereiro de 2018

Compartilhe

As 5 mentiras mais comuns do mundo do vinho

Hoje, proponho desconstruir alguns falsos mitos e outras mentiras que se falam sobre o vinho que nos permitirão desfrutar cada garrafa de maneira mais segura e prazeirosa.

1- Os vinhos com tampa de rosca são piores do que aqueles com rolha
Incorreto. A cortiça pode ser melhor para os vinhos projetados para evoluções longas na garrafa, porque permite uma certa oxigenação, mas também pode infectar e estragar o vinho. A tampa de rosca não permite a troca de ar, mas também não afeta o vinho. No novo mundo muitos dos vinhos da mais alta qualidade são engarrafados com tampas de rosca.

2- O vinho se bebe à temperatura ambiente
O termo ambiente começou a ser usado nos castelos europeus há séculos, quando as temperaturas registraram valores muito mais baixos do que os atuais e as casas não tinham aquecimento. Atualmente, a temperatura ambiente de qualquer casa pode ser de cerca de 25º, um enorme excesso para qualquer vinho, por isso recomenda-se servir servir tintos jovens entre 12 e 14° e tintos encorpados entre 15 e 18°. Se for brancos ou rosés entre 8 e 12°. Por outro lado, os vinhos espumantes devem ser apreciados entre os 6 e 8°, abaixo deste ponto, seus aromas são cobertos pelo frio.

3- Branco para peixe e frango e vermelho para carne
Com a popularização do vinho essa máxima ainda goza de popularidade e aceitação entre os consumidores, mas há muitos que descobriram que, muitas vezes isso não funciona bem. Existem muitos tipos de peixe e carne para se generalizar desta forma e há muitos fatores que devemos levar em consideração para uma harmonização bem-sucedida, como intensidade de gosto, sabor, molhos, etc.

4- O rosé é um vinho inferior, é melhor beber um vinho tinto
Talvez antigamente isso faria sentido, mas hoje em dia existem muitas vinícolas que apostam fortemente na produção de vinhos rosés de alta qualidade. Sua versatilidade faz com que sejam companheiros fantásticos de uma variedade de pratos, como vegetais grelhados, rizotos ou pizzas caseiras.

5- Os vinhos tintos melhoram com o tempo, mas os brancos devem ser do ano
Depende. Alguns vinhos tintos são feitos para consumo quase imediato, já que sua principal virtude é o frescor, enquanto alguns vinhos envelhecidos precisam de tempo de garrafa para mostrar toda a sua qualidade. Quanto aos brancos depende de como foram produzidos, existem brancos que aguentam muito tempo de guarda mas são poucos. Geralmente os brancos são feitos para serem bebidos jovens.


Compartilhe




Anunciar

© 2013. Todos os direitos reservados.

Design: