Anunciar

Pier Paolo Picchi Sexta, 04 de Maio de 2018

Compartilhe

Receitas clássicas italianas aliadas a culinária contemporânea, pitadas de criatividade e muita inspiração. Assim é o restaurante Picchi, nos Jardins, do chef de cozinha Pier Paolo Picchi.

Pela cozinha primorosa e o uso de técnicas artesanais, o restaurante subiu os degraus em 2017 no prestigiado Guia Michelin, passando a ter uma estrela, e foi indicado em 2º lugar como melhor italiano e Chef do ano no prêmio Veja Comer e Beber 2017/2018. Recentemente, foi agraciado com o certificado do Guia Internacional da Itália ‘Gambero Rosso’ concedido aos melhores restaurantes no mundo de cozinha italiana.

Sua história

Desde pequeno, Pier Paolo adorava cozinhar com sua mãe e nas férias com sua nona. Nessa fase, aprendeu a desenvolver receitas italianas com base na tradição familiar. Aos 17 anos, aconteceu a primeira experiência na cozinha profissional, quando fez estágio no paulistano ‘Filomena’, ao lado do chef e amigo Alex Atala.

A partir deste ponto, ingressou numa viagem sem volta ao universo gastronômico. Seguiu para a Itália, atuando em cozinhas de restaurantes famosos como a Casa Vissani, em Bashi, na Umbria, Balzi Rossi, em Ventimiglia e Guido, em Serralunga, em Alba. “Época dura, mas brilhante, em que aprendi a valorizar a essência dos produtos e sua delicadeza, aromas e sabores”, salienta Pier.  Em terras espanholas, passou por renomadas casas, como Arola, em Madri, e Mugaritz, em Erreteria, conhecendo melhor os temperos e receitas hispânicas.

De volta ao Brasil, o chef comandou as cozinhas dos restaurantes Emiliano, Leopolldo Plaza e Café Antique, abrindo seu restaurante em 2007, no Itaim, e logo em seguida, uma trattoria. Em meados de 2011, venceu o ‘Festival Girotonno’, da Italian Culinary Institute for Foreigner (ICIF), com a receita de atum acompanhado de espaguete de pupunha.

Os ingredientes

Criterioso na escolha dos insumos que entram na sua cozinha, o chef faz questão de conhecer cada fornecedor e testar todos os ingredientes. Em alguns casos, como nos embutidos, cria seus próprios insumos. O mascarpone é um bom exemplo, utilizado com sucesso no seu irresistível tiramisu. Atualmente, Pier Paolo Picchi aposta na mescla de ingredientes brasileiros com os italianos nas receitas para abrilhantar seu cardápio. Este é o novo jeito de fazer a tradicional cozinha italiana com experiências inovadoras e multissensorial.

Entre os melhores do mundo

Em outubro de 2015, foi publicada em Milão, a 9º edição do guia ‘Identità Golose - Ristoranti di Italia, Europa e Mondo’, onde entram os melhores restaurantes italianos do mundo. O restaurante Picchi ganhou espaço notório e é único italiano em São Paulo a figurar na respeitada edição do autor e criador italiano Paolo Marchi. Na Veja especial ‘Comer e Beber’ 2017/2018, figurou em segundo lugar como melhor italiano e Chef do ano. No Michelin, participou de todas edições brasileiras.

Restaurante Picchi

www.restaurantepicchi.com.br


Compartilhe




Anunciar

© 2013. Todos os direitos reservados.

Design: