Quattro Stagioni

Socialize:

Saquê também é vinho! Sexta, 09 de Junho de 2017

Saiba a forma correta de degustar a bebida milenar japonesa

Desde que chegou ao Brasil em 1532, o vinho foi abraçado pelos brasileiros e conquista cada vez mais fãs pelas terras tupiniquins, que se aventuram a conhecer mais da “bebida dos deuses” e suas harmonizações à mesa.

Mas o que poucos sabem é que o saquê, tradicional bebida japonesa, também é considerada um vinho. Fabricada através da fermentação do arroz, a bebida é tomada geralmente quente e em grandes comemorações em solo japonês, como Ano Novo ou cerimônias de casamento.

A forma correta de degustar saquê não é naquele copo quadrado (também chamado de massu), como muitos lugares costumam apresentar. O copo é apenas um símbolo e nunca foi utilizado como copo pelos japoneses. “O massu era utensílio de trabalho dos camponeses para vender arroz. Como era vendido como mingau alcoólico, o copo quadrado era utilizado pelo camponês para comer o saquê”, explica a chef do Kaizen, Jaqueline Mechi Katecare.

No Kaizen, a carta de saquês possui 10 rótulos, sendo 8 de origem japonesa. Um deles é com flocos de ouro, exclusividade da casa. A casa oferece para o cliente as taças corretas para degustação da bebida, mas para quem prefere, também tem à disposição o massu. Além disso, o vinho é usado para o preparado de drinks, como a caipisaquê.

Serviço

Kaizen Japanese Food

Avenida Iguatemi, 556. Vila Brandina. Campinas.

19 3395.3900

Segunda a quinta: das 12h às 14h e das 19h às 22h30

Sexta e sábado: das 12h às 14h30 e das 19h às 23h

Domingo: das 12h às 15h30

www.kaizenjapanese.com.br


Compartilhe




© 2013. Todos os direitos reservados.

Design: