Quattro Stagioni

Socialize:

Temporada Gim-tônica do Giovanetti Quinta, 30 de Novembro de 2017

Refrescante, o drinque combina com as altas temperaturas, ainda mais em versões que levam cítricos, ervas e pétalas de flores

Centenário, o refrescante Gim-tônica (ou Gin Tónico) integra a seleta lista de receitas clássicas que arrebatam inúmeros apreciadores. Para os fãs da bebida, as unidades Giovannetti Cambuí e Giovannetti Parque D. Pedro Shopping promovem, na temporada Primavera-Verão, combinações inusitadas de Gim-tônica, que prometem conquistar o paladar dos já admiradores do drinque, e daqueles que ousarem experimentar as 'alquimias’ dos bartenders das casas.

Chá de hibisco, tangerina desidratada, orégano fresco, alecrim, zimbro, gengibre e limão siciliano, são alguns dos ingredientes adicionados ao famoso drinque, oferecendo experiências sensoriais de encantamento e sofisticação.

O Giovannetti Cambuí e o Giovannetti D. Pedro, sempre antenados com as tendências mundiais, seguem o boom da ‘redescoberta’ do Gim-tônica em países como Portugal e Espanha.

No Brasil, de acordo com renomados bartenders, há uma verdadeira explosão de consumo de gim nos últimos dois anos. Um dos motivos é, sem dúvida, a versatilidade do tradicional coquetel à base do destilado, que permite várias combinações e abre as portas para a criatividade.

O gim é um destilado obtido a partir de grãos, com a cevada e o centeio, ou outros ingredientes, como tubérculos e até mesmo a uva – esta última uma bebida típica da ilha de Menorca, na Espanha.

Para ‘inglês’ beber

O Gim-tônica surgiu durante a dominação da Índia (século 18), quando soldados ingleses precisaram consumir quinina para evitar a malária. A quinina é uma substância natural, um pó branco, inodoro e de sabor amargo, retirada da casca de uma planta medicinal conhecida como Cinchona Calisaya ou Quina-amarela, usada para complementar o tratamento da malária, eliminando os protozoários da doença.

Naquela época, a água tônica com quinina era muito mais amarga, pois apresentava concentração muito maior do alcaloide. Para disfarçar o sabor, acrescentavam-se as ervas ao gim, sobretudo por conta da característica aromática do zimbro que ‘disfarçava’ seu cheiro forte.

Saltando para os anos 2010, o coquetel, por conta da sua refrescância, ficou em alta na Espanha e ganhou a atenção dos principais chefs de cozinha do país. Foi quando passou a ser servido em grandes taças de vinho ou taças balloon e ganhou outros ingredientes, como pepino, frutas, especiarias e flores, que combinam e enaltecessem as características do gim utilizado.

Origem da bebida elucidada, que tal agora aproveitar para experimentar as três versões disponíveis no Giovannetti Cambuí e Giovannetti Parque D. Pedro?

Gim-tônica, chá de hibisco, zimbro e tangerina desidratada, decorado com pétalas de rosa

Gim-tônica, orégano fresco, alecrim fresco e raiz de gengibre

Gim-tônica, limão siciliano desidratado, amora, anis estrelado e coentro fresco

Serviço

Giovannetti Parque D. Pedro

Avenida Guilherme Campos, 500. Parque D. Pedro Shopping. Entrada das Águas. Campinas.

19 3209.1641

Todos os dias: das 10h até o último cliente

Giovannetti Cambuí

Rua Padre Vieira, 1277. Cambuí. Campinas.

19 3234.9510

Todos os dias: das 11h até o último cliente

www.giovannetti.com.br


Compartilhe




© 2013. Todos os direitos reservados.

Design: